Uma didática da atividade para a formação profissional em saúde

Karine Pereira Ribeiro

Unochapecó

Carla Téo

Unochapecó

Resumo

O SUS (Sistema Único de Saúde) é a maior iniciativa de inclusão social da história do Brasil. Foi instituído por lei federal e garante acesso universal à saúde a todos os cidadãos brasileiros. Ou seja, garante a saúde como direito de todos os brasileiros. O acesso ao SUS, além de ser para todos, é integral e garantido em igualdade, para ações de promoção, prevenção e recuperação da saúde. Porém, as necessidades de saúde da população são cada vez maiores e mais complexas porque o estilo de vida atual (condições de trabalho, alimentação, transporte, moradia, ambiente, etc.) e as desigualdades sociais sobrecarregam o SUS. Isto é, a capacidade do SUS atender e resolver as necessidades de saúde da população enfrenta desafios e dificuldades devido às condições sociais, políticas e econômicas atuais. É por isso que a formação dos profissionais de saúde também precisa ser transformada, para dar conta dessa realidade. Para isto, pensar em estratégias pedagógicas que aproximem o estudante das diferentes realidades de saúde é fundamental para a construção de uma sociedade com acesso à saúde pública de qualidade. Portanto, o que se pretende neste estudo é elaborar uma didática para qualificar e atualizar a formação dos profissionais da área da saúde, no ensino superior, com o objetivo de contribuir para a melhoria dos serviços prestados à população pelo SUS. Além disso, essa didática servirá como recurso para a formação dos professores dessa área, de forma a ajudá-los no planejamento de aulas e outras atividades de ensino que favoreçam a formação de profissionais de saúde capazes de trabalhar por um SUS melhor e mais capaz de atender às necessidades da comunidade.

Imagem do artigo - Uma didática da atividade para a formação profissional em saúde